• Rio de Janeiro utiliza biometria facial para evitar fraudes no transporte

    26/01/2017 Categoria: Esclarecimentos

    Share

    O transporte público do Rio de Janeiro conta com uma novidade: a biometria facial. As catracas são equipadas com uma câmera de alta precisão que fotografa os passageiros que tem direito a algum benefício no transporte público. Por lei, os idosos, estudantes da rede pública, deficientes físicos e universitários. Na central de monitoramento, o sistema compara a foto tirada no embarque com a foto do cadastro e tem comprovado muitas fraudes.

    O sistema já está em vigor em algumas cidades brasileiras. No Rio de Janeiro funciona em 7 mil dos 22 mil ônibus que rodam no Estado. O objetivo é até o fim do ano instalar em todo o transporte público.

    Assista matéria completa sobre o assunto abaixo: