• Direito à paternidade: campanha É Legal Ter Pai conta com a parceria da RMTC

    06/03/2017 Categoria: Projetos e ações, Terminais de Integração

    Share

    Objetivo é ampliar o acesso da população à estrutura já viabilizada pelo MP para promoção das medidas necessárias ao reconhecimento da paternidade

    Passados cinco anos de seu lançamento, a campanha É Legal Ter Pai, desenvolvida pelo Ministério Público de Goiás para ampliar a atuação institucional na garantia do direito de paternidade, será retomada. Com apoio da parceria celebrada com a Rede Metropolitana de Transportes coletivos (RMTC), o projeto será relançado no próximo dia 6 (segunda-feira), a partir das 9h30, em evento programado para o Terminal das Bandeiras.

    A iniciativa no MP é coordenada pela 51ª Promotoria de Justiça de Goiânia, que dispõe de toda estrutura de apoio para os atendimentos em busca do reconhecimento de paternidade, incluindo parcerias com a Prefeitura de Goiânia e a Organização das Voluntárias de Goiás para a realização de exames de DNA. Segundo explica a promotora Gislene Silva Barbosa, diante do aniversário de cinco anos da campanha inicial – iniciada em fevereiro de 2012 – e com a queda no número de procedimentos realizados pela promotoria, surgiu a necessidade de retomar a divulgação do trabalho desenvolvido pelo MP na garantia do direito de paternidade, na perspectiva de ampliar a atuação.

    A parceria entre a RMTC e o MP-GO foi firmada em novembro do ano passado para apoio na divulgação de campanhas institucionais e educativas do Ministério Público.