• Ponto Final do Assédio

    11/05/2018 Categoria: Esclarecimentos

    Um bom convívio em sociedade depende, principalmente, da valorização da ética e respeito entre as pessoas. No transporte público coletivo, essa lógica não é diferente. Contudo, alguns comportamentos ainda se colocam como entrave ao bem estar da sociedade e dificultam seu progresso. Um exemplo é o desrespeito sofrido por mulheres ainda nos dias de hoje através do assédio.

    Assédio é qualquer ato que cause constrangimento ou viole a intimidade do outro. Contato físico ofensivo e sem consentimento, constrangimento verbal, etc. Atitudes como essas podem ser consideradas crimes, consequentemente passíveis de punição. É necessário a mobilização de todos para que possamos abolir essa prática, e a denúncia é parte fundamental que deve ser estimulada de forma a inibir futuras agressões.

     

    Presenciou ou sofreu abusos?

    Agora, com a possibilidade de se registrar o TCO (Termo Circunstancial de Ocorrência) com a Polícia Militar nos terminais, os clientes do transporte público podem denunciar abusos sem necessidade de comparecer à delegacia, bastando apenas se dirigir a um dos policiais.

    Além disso, a Patrulha Maria da Penha disponibiliza um telefone exclusivo para denúncias de crimes contra a mulher: (62) 99930-9778.

    Também é possível denunciar através do nosso canal de comunicação via whatsapp: (62) 98591-8952. As denúncias de ocorrências de crimes são rapidamente encaminhadas ao Comando de Operações da Polícia Militar (Copom), que aciona a viatura mais próxima.

    Equipe da Patrulha Maria da Penha realiza ação intensiva no Terminal Vera Cruz