• Polícia Militar reforça efetivo nos ônibus do Eixo Anhanguera para garantir a segurança de clientes do transporte público coletivo

    23/02/2018 Categoria: Esclarecimentos

     
    80 policiais dos batalhões Rodoviário, Ambiental e de Eventos atuarão de maneira preventiva nos Terminais de Integração, Estações e veículos do Eixo Anhanguera
     
    A nova fase da Operação Embarque Seguro foi lançada pela Polícia Militar (PM), na manhã desta sexta-feira (23), com o objetivo de atuar preventivamente contra roubos e furtos, reduzindo ações criminosas dentro dos veículos do Eixo Anhanguera e em Terminais de Integração.
     
    Estiveram presentes no lançamento, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Irapuan Costa Júnior; o Subcomandante Geral, Coronel Ricardo Rocha; o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), Coronel Ricardo Mendes; o subcomandante do CPC, Tenente Coronel Marreiros e vários comandantes de unidades pertencentes ao CPC.
     
    Segundo o Coronel Ricardo Mendes, a operação contará com o efetivo de várias unidades, dentre elas do Batalhão Ambiental, Batalhão de Eventos com o incremento de 80 policiais na operação, que iniciou reforçada hoje às 5 horas.
     
     “Haverá a presença de uma viatura da PM em todos terminais ao longo do Eixo Anhanguera, além do Terminal Vera Cruz, e ações dentro dos ônibus”, garantiu o coronel Ricardo Mendes, ao mencionar que as abordagens serão legais e seguras. Além disso, o comandante ainda disse que a ação trará sensação de segurança ao levar presos as pessoas suspeitas.
     
    O gerente de Segurança de Transportes do RedeMob Consórcio, Sandro Guimarães, ressaltou que, o incremento de policiais e a nova metodologia tática empregada junto às manchas criminais no transporte público coletivo promoverá redução da violência dentro dos ônibus, estações e terminais do Eixo Anhanguera.
     
    WhatsApp da Segurança
     
    O cliente do transporte público coletivo pode denunciar qualquer crime ou ação suspeita dentro do ônibus ou no terminal, através do WhatsApp de Segurança. Basta mandar todos os detalhes possíveis para o número (62) 9.8591-8952.
     
    A mensagem é recebida a partir do posto da Centra de Segurança de Transportes, do RedeMob Consórcio, que atua dentro do Comando de Operações da Polícia Militar (COPOM). Após apurada, é enviada uma viatura ao local para interceptar o veículo e dar o apoio necessário à ocorrência do cliente.
     
  • Corrida nos Parques pode causar atrasos nas linhas de transporte no sábado

    13/12/2017 Categoria: Esclarecimentos

    Neste sábado (16), acontecerá em Goiânia a V edição do Circuito de Corrida nos Parques, com percursos de 8 e 4 quilômetros. A largada será na Prefeitura Municipal de Goiânia, às 6 horas. Dessa forma, as linhas do transporte público coletivo podem sofrer atrasos, já que o trânsito será compartilhado com os atletas.

    Seguem abaixo as linhas que podem sofrer atrasos:

    018 – T. Araguaia / Centro Gyn – Via BR-153

    185 – T. Isidória / Paço Municipal

    200 – PC Laranjeiras / Alphaville / Portal do Sol

    213 – T. Bíblia / Hidrolândia

    253 – Aruanã III / Riviera / Centro

    257 – Aruanã II / Universitário / Centro

    261 – Aruanã III / Água Branca / Centro

    284 – T. Bíblia / Nova Fátima

    325 – T. N. Mundo / Aruanã / Flamboyant

    580 – T. Araguaia / T. Bíblia

    582 – T. Bíblia / Bela Vista de Goiás

    739 – T. Bíblia / Portal do Sol

  • Nota à imprensa

    06/12/2017 Categoria: Esclarecimentos

    Nota à imprensa

    O comércio ilegal feito por camelôs nos Terminais do Eixo Anhanguera é um gravíssimo problema público, pois além de ser ilegal, contribui diretamente para a saturação do ambiente, desorganização e criminalidade no local. Dificulta muito a realização do serviço de transporte coletivo. Vale lembrar que os terminais são equipamentos públicos para uso da população.

    Acreditamos que a solução do problema passa diretamente pela atuação integrada da fiscalização urbana, guarda civil, polícia militar, CMTC e apoio do Ministério Público. Cabe ao RedeMob Consórcio, em nome da Metrobus, providenciar a limpeza, organização, ações em prol da segurança das pessoas e operação das viagens no Eixo Anhanguera.

    Em relação à operação de hoje (6) no terminal Padre Pelágio, o RedeMob Consórcio esclarece que, trata-se de uma ação pública integrada de combate ao comercio ilegal nos Terminais do Eixo Anhanguera, liderada pela Fiscalização Urbana, com apoio da Guarda Civil Metropolitana, PM e CMTC. Na operação de hoje foram encontradas armas brancas com alguns camelôs, o que comprova que estas pessoas estão relacionadas com os diversos crimes que vem ocorrendo nos Terminais.

    Por último, todos os vigilantes que atuam no Eixo Anhanguera são devidamente treinados e orientados a agir com total responsabilidade, afim de proporcionar maior segurança aos clientes que utilizam os Terminais. Hoje, infelizmente os vigilantes tiveram que reagir diante das agressões e ameaças praticadas pelos camelôs. O RedeMob Consórcio reitera que repudia qualquer ato de violência e que trabalha para melhorar continuamente o serviço de Transporte Público da Região Metropolitana de Goiânia.

     

  • RedeMob Consórcio recebe profissionais que atuam no transporte coletivo da Colômbia

    29/11/2017 Categoria: Esclarecimentos

    O RedeMob Consórcio recebe nesta quarta-feira (29), uma comitiva de colombianos que atuam no transporte coletivo de Medelín, na Colômbia. Eles vieram à Goiânia com o objetivo de conhecer o modelo de gestão, infraestrutura e tecnologia adotados pela Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC), já que a capital é referência em tecnologia e gestão operacional no País. Os visitantes foram recebidos pelo diretor executivo do RedeMob Consórcio, Leomar Avelino.

  • Corredores do transporte público podem facilitar a operação da rede

    18/11/2017 Categoria: Esclarecimentos

    Congestionamentos, semáforos inoperantes, acidentes, entre outros, são algumas das eventualidades que podem afetar direta e negativamente o cumprimento de horários e a regularidade das viagens no transporte público, prejudicando assim a qualidade do serviço ofertado. Por outro lado, facilidades como corredores preferenciais ou exclusivos oferecem vantagens expressivas na fluidez do deslocamento dos ônibus.

    Do dia 16 a 20 de outubro, foi realizado um estudo pelo RedeMob Consórcio que identificou as 20 vias mais impactadas pela lentidão no trânsito dos veículos do transporte público em Goiânia e região metropolitana. A pesquisa revelou que 65% das vias mais impactadas são consideradas corredores estruturantes a serem requalificados ou implantados. Esta característica foi definida e é assegurada em lei pelo Plano Diretor do município de Goiânia. Dentre as vias mais afetadas pela lentidão no trânsito estão: Rua 82, Av. 4ª Radial, Av. Castelo Branco, Av. 85, Av. 24 de Outubro, Av. Eurico Viana, Av. Rio Verde, Av. Assis Chateaubriand, Av. Alpes, Rodovia GO-070, Alameda Contorno e Av. T-9.

    Um transporte público de qualidade depende, dentre outros fatores, que seja dada a ele a prioridade frente aos modos motorizados individuais. Apesar dos comuns desafios inerentes ao trânsito em grandes cidades, estratégias que priorizam a operação do transporte público coletivo podem contribuir, significativamente, para a melhoria da mobilidade urbana na Região Metropolitana de Goiânia.

    Avenida T-9, Goiânia

Categorias

Posts recentes

Tags