• Autoridades da Região Metropolitana de Natal visitam a RMTC

    23/06/2015 Categoria: visita

    Na segunda-feira, 22, sete representantes das prefeituras de Natal, Ceará-Mirim, Macaíba e São Gonçalo do Amarante, que fazem parte da Região Metropolitana de Natal, estiveram em Goiânia com o objetivo de conhecer a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos. A intenção dos secretários e demais autoridades é implantar na Grande Natal um modelo de gestão semelhante ao da RMTC, que hoje integra 18 municípios.

    “Estamos buscando referências de transporte coletivo integrado em regiões metropolitanas que nos ajudem a compreender melhor os processos de implantação e gestão de um sistema único, que atenda às necessidades de deslocamentos da população”, afirmou a Secretária de Mobilidade Urbana da capital potiguar, Elequicina dos Santos.

    Depois de um encontro com representantes da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), órgão responsável pela gestão e fiscalização da RMTC, os visitantes conheceram o Terminal Bandeiras, na região sudeste de Goiânia. Eles observaram a infraestrutura e serviços disponibilizados para os clientes do terminal pela gestão privada e o funcionamento da integração entre linhas e cidades com o pagamento de uma única tarifa, por meio do Sistema Inteligente de Tarifação de Passagens – Sitpass.

    No fim da tarde o grupo esteve na Central de Controle Operacional e na Central de Segurança de Transportes, na sede do Consórcio Rmtc, para ver os investimentos realizados no planejamento e na gestão da operação das linhas da RMTC.

  • Empresários do transporte coletivo de São Paulo fazem visita técnica à RMTC

    19/05/2015 Categoria: visita

     

    O Consórcio Rmtc recebeu nesta terça-feira, 19, uma comitiva com diretores e gerentes operacionais de sete empresas que gerenciam uma frota com mais de seis mil ônibus na capital paulista. A visita técnica foi organizada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo (SPUrbanuss) com o objetivo de conhecer o modelo de gestão operacional da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos da Grande Goiânia (RMTC).

    O Assessor Operacional da SPUrbanuss, João Carlos Fernandes, explicou que a cidade de São Paulo está passando por mudanças no modelo de gestão do transporte público e as empresas estão se preparando para assumir algumas responsabilidades que antes eram do Poder Público, como a gestão dos terminais, do sistema de bilhetagem e de uma central de controle operacional integrada, semelhante ao modelo implantado em Goiânia desde 2009.

    “Estamos buscando exemplos e conhecimento nas cidades que possuem boas referências na gestão operacional do transporte por ônibus, como Goiânia, Curitiba, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte e Bogotá, na Colômbia”, afirmou João Carlos.

    Os visitantes passaram pela sede do Consórcio Rmtc, onde conheceram a Central de Controle Operacional (CCO) e a Central de Segurança de Transportes (CST). O grupo também esteve no Terminal Bandeiras, na região sudeste de Goiânia, para entender o modelo de gestão de terminais urbanos adotado pelo Consórcio e observar na prática o sistema de comunicação embarcada existente em todos os ônibus.

  • Comitiva da UITP elogia modelo de gestão operacional da RMTC

    05/11/2014 Categoria: visita

    Visita UITP - T. BandeirasNa última terça-feira, dia 4, o Consórcio Rmtc recebeu uma comitiva formada por 35 especialistas, autoridades e operadores de transportes públicos do Brasil e outros 15 países – Argentina, México, Alemanha, Reino Unido, Holanda, Austrália, Nova Zelândia, Emirados Árabes, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar, Singapura, Malásia, Abu Dhabi e Dubai. O objetivo da visita técnica organizada pela União Internacional dos Transportes Públicos (UITP) era conhecer a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos da Grande Goiânia (RMTC), considerada modelo de gestão operacional do transporte público por ônibus, e trocar experiências com os operadores do serviço.

    Durante a manhã, na sede da HP Transportes, além de visitar as instalações físicas da concessionária que opera linhas da área Sul da Rede, os visitantes assistiram uma apresentação sobre o que é a RMTC, como ela está estruturada e quais os principais desafios que o sistema de transporte público enfrenta no contexto goiano/brasileiro. Os participantes fizeram várias perguntas sobre questões técnicas como a infraestrutura pública disponibilizada para o transporte coletivo, modelo de tarifação e subsídio tarifário, especificidades do abastecimento e manutenção dos veículos e estatísticas operacionais.

    A comitiva também esteve nos terminais Bandeiras e Cruzeiro para conhecer o modelo de gestão de terminais implantado pelo Consórcio Rmtc. Em seguida passou pelo corredor preferencial da Avenida Universitária e pelo corredor exclusivo da Avenida Anhanguera. A visita se encerrou na sede do Consórcio Rmtc, onde ficam a Central de Controle Operacional (CCO) e a Central de Segurança de Transportes (CST), ambas pioneiras no controle da operação e da segurança nos ônibus e terminais.

    Vice-presidente da UITP na América Latina, o mexicano Jesus Padilla acompanhou o grupo e explicou que a UITP existe há mais de 120 anos para incentivar a cooperação entre milhares de empresas no mundo inteiro e promover o avanço dos transportes públicos e da mobilidade urbana.

    “Belo Horizonte, Goiânia e Rio de Janeiro foram as cidades escolhidas para esta visita porque são consideradas bons exemplos na operação de transporte público sobre pneus e podem dar um panorama geral a outros países que estão investindo neste tipo de modal. Goiânia tem um modelo de integração pioneiro que vem se tornando uma tendência e referência para outros países da América Latina. A forma como a Rede de linhas e terminais foi planejada para integrar toda a região metropolitana, a integração tarifária, o modelo de gestão operacional em que as concessionárias operam de forma conjunta e os investimentos em tecnologia e informação ao passageiro são alguns pontos que consideramos bastante positivos”, afirmou Padilla.

    Khaled Shammout, especialista em transportes e chefe do Serviço de Ônibus da Makkah Mass Rail Transit, na Arábia Saudita, elogiou a hospitalidade dos goianos e disse que achou interessante a forma como a Rede da Região Metropolitana de Goiânia foi estruturada. “Nós apreciamos muito a visita e a hospitalidade com que fomos recebidos. Definitivamente aprendemos coisas novas por aqui e a maioria delas foi positiva. Vocês atendem um grande número de passageiros diariamente, com tarifa barata, muita tecnologia e um bom sistema de horários”, ressaltou.

    Os visitantes também se mostraram surpresos com o fato das concessionárias conseguirem manter o serviço e fazer novos investimentos com uma tarifa que custa pouco mais de um dólar.

  • RMTC recebe autoridades em transporte público de 16 países nesta terça-feira

    03/11/2014 Categoria: visita

    Nesta terça-feira, dia 4, a Rede Metropolitana de Transportes Coletivos da Grande Goiânia (RMTC) recebe autoridades e operadores de transportes públicos do Brasil, Argentina, México, Alemanha, Reino Unido, Holanda, Austrália, Nova Zelândia, Emirados Árabes, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar, Singapura, Malásia, Abu Dhabi e Dubai.

    A visita técnica foi organizada pela UITP – associação internacional que reúne instituições ligadas ao transporte público e à mobilidade urbana de mais de 90 países. O objetivo da visita é conhecer os principais modelos brasileiros de gestão operacional do transporte público por ônibus e promover a troca de experiências entre as instituições membros. Além da Região Metropolitana de Goiânia, a comitiva passará também por Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

    Na capital goiana os visitantes conhecerão a garagem da HP Transportes, concessionária que opera na área Sul da RMTC e vencedora do Prêmio ANTP de Qualidade, os terminais de integração Bandeiras e Cruzeiro, o BRS (Sistema de Ônibus Rápido) da Avenida Universitária, o BRT (Sistema de Trânsito Rápido) da Avenida Anhanguera e a sede do Consórcio Rmtc, onde fica a Central de Controle Operacional (CCO).

    Para o diretor geral do Consórcio Rmtc, Leomar Avelino, a visita representa uma oportunidade de gerar mais conhecimento e experiência aos operadores da RMTC. “É, sem dúvida, uma maneira de trocarmos experiências com instituições que são referência mundial em transportes e também fazermos uma avaliação técnica do que temos de positivo em relação a outras cidades e do que ainda precisa ser melhorado na operação do serviço”, ressalta.

  • Comitiva do Rio Grande do Sul visita Goiânia para conhecer a RMTC

    29/04/2014 Categoria: visita

    Gestor da Operação do Consórcio Rmtc apresenta a Central de Controle Operacional (CCO) aos visitantes

    Gestor da Operação do Consórcio Rmtc apresenta a Central de Controle Operacional (CCO)

    Na tarde da última segunda-feira, 28, o Consórcio Rmtc recebeu integrantes da Secretaria de Infraestrutura e Logística do Governo do Rio Grande do Sul para conhecer como funciona o planejamento e a operação do transporte público coletivo na Região Metropolitana de Goiânia. José Leandro Martins, assessor técnico do Departamento de Logística e Integração e representante da comitiva do RS, afirma que o objetivo é levantar dados sobre o sistema a fim de implantar serviço semelhante a partir da criação do Plano Diretor do Rio Grande do Sul.

    A visita abrangeu as principais áreas do Consórcio, como a Central de Controle Operacional (CCO) e a Central de Segurança de Transportes (CST), com acesso a informações sobre procedimentos ligados diretamente à gestão da operação, funcionamento e controle dos terminais e veículos, bem como do Serviço de Informação Metropolitano (SiM), considerado referência para outras capitais.

Categorias

Tópicos recentes

Tags