• Nota sobre denúncia de adolescente agredido por torcida organizada

    13/11/2014 Categoria: esclarecimento

    O Consórcio Rmtc informa que está empreendendo todos os esforços possíveis para apurar informações que possam colaborar com as investigações da Polícia Civil sobre o caso do adolescente que teria sido agredido por integrantes de uma torcida organizada, em Goiânia, no último domingo, dia 9. As imagens do circuito de segurança dos terminais por onde os torcedores passaram serão entregues ainda hoje à delegada responsável pelo inquérito.

    O Consórcio entende que a forma violenta com que as torcidas organizadas vêm agindo na sociedade e no transporte coletivo é uma questão de segurança pública e, como tal, deve ser investigada pelos órgãos competentes. As concessionárias do transporte público da Região Metropolitana de Goiânia têm trabalhado em parceria com a Secretaria da Segurança Pública de Goiás, investindo em ferramentas que possam facilitar a denúncia e contribuir para a elucidação de crimes como este.

    Desde agosto deste ano, qualquer cidadão pode denunciar crimes ou atitudes suspeitas dentro dos ônibus e terminais. Para isto basta enviar uma mensagem de celular, via SMS ou WhatsApp, para o número (62) 8591-8952, informando o que está acontecendo, o nome do terminal e/ou número do ônibus. A denúncia é recebida pelo posto de Segurança do Consórcio Rmtc instalado dentro do Comando de Operações da Polícia Militar, que pode agir rapidamente enviando a viatura mais próxima ao local.

    Este serviço funciona todos os dias das 5h à 1h30 da madrugada e recebe somente denúncias relacionadas à segurança no transporte público. Como o contato é “silencioso”, o passageiro pode contribuir para sua própria segurança sem precisar se expor.

    O Consórcio lembra que todos os motoristas da RMTC também são orientados, equipados e treinados para comunicar qualquer irregularidade que venha a ocorrer na operação à Central de Controle Operacional ou ao posto da Central de Segurança de Transportes no COPOM.

  • Nota sobre a indisponibilidade dos serviços de informação em tempo real

    18/09/2014 Categoria: esclarecimento

    O Consórcio Rmtc informa que, em função de um problema técnico no sistema que permite identificar o posicionamento dos ônibus, os serviços de informação em tempo real da RMTC encontram-se temporariamente indisponíveis desde a manhã desta quinta-feira, 18.

    O Consórcio pede a compreensão de todos os que utilizam os serviços Olho no Ônibus, Ponto a Ponto, horários em tempo real no site, WAP, displays nos terminais e aplicativos de terceiros e ressalta que está trabalhando para solucionar o problema o mais rápido possível.

  • Nota sobre o adiamento da 3ª etapa do incremento de viagens

    17/06/2014 Categoria: esclarecimento

    Aproveitando o período que se segue com feriados, interrupções de expediente em função de jogos da Copa do Mundo e desaceleração da demanda característica da chegada das férias escolares, o Consórcio Rmtc informa sobre o adiamento da terceira etapa de incrementos de viagens previstas para esta quarta-feira, dia 18.

    A retomada do incremento de viagens na operação está prevista para o mês de agosto.

  • Torcedores depredam ônibus com pedras, tiros e bombas caseiras

    14/04/2014 Categoria: esclarecimento

    Ônibus vandalizadoÔnibus depredadoApós o jogo da final do Campeonato Goiano, realizado no fim da tarde de ontem, 13, no estádio Serra Dourada, foram registrados diversos casos de vandalismo em ônibus e terminais da Região Metropolitana de Goiânia. Pelo menos seis ônibus foram atingidos por tiros, pedras, bombas caseiras e outras ações de vândalos, fazendo oito vítimas e causando um sério impacto na operação do transporte coletivo, principalmente na área Leste da Rede.

    O caso mais grave ocorreu em um ônibus da linha 255 (T. N. Mundo / T. Sen. Canedo) que seguia para o Terminal Senador Canedo. Segundo testemunhas, um motociclista teria disparado vários tiros contra o veículo, atingindo quatro pessoas que estavam dentro do ônibus. As vítimas foram encaminhadas para o hospital, uma delas em estado grave.

    Depois do ocorrido, os motoristas que trabalham nas linhas que saem do Terminal Novo Mundo se recusaram a continuar circulando, com medo de novos ataques. Apesar do apoio da Polícia Militar no local e de todos os esforços realizados pelo Consórcio Rmtc na tentativa de normalizar a operação, o atendimento das linhas que saem do terminal foi finalizado por volta das 20h30, prejudicando centenas de clientes.

    O fechamento do Terminal Novo Mundo trouxe prejuízos em cadeia também para quem estava nos terminais Praça da Bíblia e Senador Canedo, onde foram disponibilizados ônibus extras para a realização de viagens adicionais nas linhas 283 e 255, respectivamente.

    A RMTC lamenta todos os transtornos sofridos por seus clientes e profissionais e ressalta que a violência em dias de jogos de futebol e principalmente a impunidade também contribuem para a queda na qualidade do transporte público.

    Todos os ônibus vandalizados foram recolhidos e ficarão fora de circulação até passarem por manutenção, o que deve afetar a operação em algumas linhas, principalmente da área Leste da Grande Goiânia.

  • Nota sobre bloqueio de um dos acessos do Terminal Cruzeiro

    08/04/2014 Categoria: esclarecimento

    O Consórcio Rmtc esclarece que o acesso dos ônibus ao Terminal Cruzeiro pela Avenida São João, no Jardim Nova Era, em Aparecida de Goiânia, foi bloqueado por um grupo de pessoas no fim da tarde desta terça-feira, 8, das 16h45 às 17h15, em função de um atraso de cerca de 20 minutos nos ônibus da linha 020 (T. Garavelo / T. Bíblia – Via T. Isidória) que seguiam para o Terminal Garavelo. O atraso foi motivado pelo trânsito intenso na Rua 115 e Marginal Botafogo, próximo ao trecho que está parcialmente interditado para obras, no Setor Sul, onde há registro de congestionamentos frequentes, principalmente após as 16h.

    O Consórcio informa ainda que, apesar do atraso, o número de clientes que aguardavam o embarque para o Terminal Garavelo não era grande e uma minoria acompanhou a iniciativa de bloquear a pista. Por causa do bloqueio, os ônibus que entram e saem do terminal pela Av. São João tiveram que fazer desvios pela Avenida Rio Verde, afetando a operação de 24 linhas e gerando outros atrasos em cadeia que impactam negativamente o atendimento a milhares de clientes.

    PM no Terminal CruzeiroCom o apoio da Polícia Militar, o grupo que impedia a normalidade da operação liberou a pista e por volta de 17h30 todos os ônibus já transitavam normalmente pelo local.

Categorias

Posts recentes

Tags