• Boletim diário de fluxo e demanda no transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana

    22/03/2021 Categoria: Boletim Diário de Fluxo e Demanda

    Edição das 19h 

    Divulgação diária pelo RedeMob Consórcio do fluxo de passageiros esperado para o dia, em comparação com o que foi realizado durante o primeiro lockdown de 2020. Seguem abaixo as análises de Goiânia, Aparecida de Goiânia, do Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, o SIMA e de toda RMTC no horário das 19 horas.

    Os números base para definição da demanda esperada foram obtidos por meio de análises técnicas de transportes, tendo como referência a demanda no período de 23 a 27 de março de 2020 e 30 de março a 3 de abril de 2020, período inicial do 1º lockdown na região metropolitana de Goiânia.

    Fórmula usada na analise: ((Demanda Esperada – Demanda Realizada)*(100)/(Demanda Esperada))

    Indicador: Expresso em %. Quanto mais próximas as curvas dos gráficos, melhor é o índice de cumprimento da demanda esperada, ou seja, mais a demanda atual se aproxima da demanda no mesmo cenário do lockdown de março/abril de 2020.

    A demanda realizada em Aparecida que registrou 44 mil validações hoje, 22, de 4h às 19h, ficou 77% maior do que a demanda esperada para o período. Os resultados de hoje evidenciam que muitas pessoas continuam se locomovendo em Aparecida, independentemente do cenário de pandemia e lockdown.

    Em Goiânia, os números são equivalentes. A demanda realizada na capital, cerca de 59 mil validações registradas hoje, de 4h às 19h, ficou 75% maior do que a demanda esperada para o período, frustrando as expectativas de uma demanda menor. Os resultados parciais de hoje evidenciam que grande quantidade de pessoas continua se locomovendo em Goiânia, independentemente do cenário de pandemia e determinação do lockdown.

    Na demanda realizada no Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera – SIMA, cerca de 63 mil validações foram registradas hoje, de 4h às 19h, ficou 59% maior do que a demanda esperada para o período. Os resultados parciais de hoje evidenciam que e o cenário de grande fluxo no SIMA, independe do cenário de pandemia e lockdown.

    Na RMTC, a demanda registrou mais de 164 mil validações hoje, de 4h às 19h. Ela ficou 69% maior do que a demanda esperada para o período. Os resultados parciais de hoje evidenciam o movimento intenso de pessoas se locomovendo na região metropolitana de Goiânia, frustrando sobremaneira as expectativas de queda da demanda com o lockdown, em Goiânia e no estado de Goiás.

  • Boletim diário de fluxo e demanda no transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana

    22/03/2021 Categoria: Boletim Diário de Fluxo e Demanda

    Edição das 10h

    Divulgação diária pelo RedeMob Consórcio do fluxo de passageiros esperado para o dia, em comparação com o que foi realizado durante o primeiro lockdown de 2020. Seguem abaixo as análises de Goiânia, Aparecida de Goiânia, do Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, o SIMA e de toda RMTC no horário das 10 horas.

    Os números base para definição da demanda esperada foram obtidos por meio de análises técnicas de transportes, tendo como referência a demanda no período de 23 a 27 de março de 2020 e 30 de março a 3 de abril de 2020, período inicial do 1º lockdown na Região Metropolitana de Goiânia.

    Fórmula usada na analise: ((Demanda Esperada – Demanda Realizada)*(100)/(Demanda Esperada))

    Indicador: Expresso em %. Quanto mais próximas as curvas dos gráficos, melhor é o índice de cumprimento da demanda esperada, ou seja, mais a demanda atual se aproxima da demanda no mesmo cenário do lockdown de março/abril de 2020.

    A demanda de usuários do transporte coletivo em Goiânia nesta segunda-feira, dia 22, já soma quase 23 mil validações, no período entre 4 e 10 horas, sendo 82% maior do que o volume esperado para o período. O resultado, mesmo parcial, já frustra de sobremaneira todas as expectativas de um movimento menor de usuários em razão do lockdown municipal e estadual. 

    Em Aparecida de Goiânia, a demanda registrada no mesmo período da manhã é cerca de 23 mil validações, sendo 88% maior do que o movimento esperado para o período. Os resultados parciais de hoje já evidenciam que a tendência é de demanda elevada no município.

    Também nesta segunda-feira, das 4h às 10h, a demanda realizada no Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera totaliza 29 mil validações, também ficando acima (58%) do que esperado para o período diante do cenário de pandemia. Os resultados parciais do dia evidenciam que a tendência é de movimento intenso no sistema.

    Hoje o registro é de movimento 73% maior na RMTC, que já contabiliza cerca de 74,5 mil validações entre 4 e 10 horas. Os resultados parciais desta segunda-feira apontam que elevada quantidade de pessoas continua se locomovendo por meio do transporte público coletivo na região metropolitana de Goiânia.

  • Boletim diário de fluxo e demanda no transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana

    19/03/2021 Categoria: Boletim Diário de Fluxo e Demanda

    Edição das 19h

    Divulgação diária pelo RedeMob Consórcio do fluxo de passageiros esperado para o dia, em comparação com o que foi realizado durante o primeiro lockdown de 2020. Seguem abaixo as análises de Goiânia, Aparecida de Goiânia, do Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, o SIMA e de toda RMTC no horário das 19 horas.

    Os números base para definição da demanda esperada foram obtidos por meio de análises técnicas de transportes, tendo como referência a demanda no período de 23 a 27 de março de 2020 e 30 de março a 3 de abril de 2020, período inicial do 1º lockdown na Região Metropolitana de Goiânia.

    Fórmula usada na analise: ((Demanda Esperada – Demanda Realizada)*(100)/(Demanda Esperada))

    Indicador: Expresso em %. Quanto mais próximas as curvas dos gráficos, melhor é o índice de cumprimento da demanda esperada, ou seja, mais a demanda atual se aproxima da demanda no mesmo cenário do lockdown de março/abril de 2020.

    Nesta sexta-feira, das 4 até as 19 horas, Goiânia registrou cerca de 59 mil validações, com um fluxo 108% maior do que o esperado para o período. Os resultados parciais do dia confirmam que uma grande quantidade de pessoas continua se locomovendo na capital, independente do cenário de pandemia e de determinação do decreto municipal.

    Na RMTC, o movimento no mesmo intervalo de tempo ficou 114% maior do que a demanda esperada para o período. Foram mais de 162 mil validações registradas entre às 4h e 19h. Os resultados parciais frustram, de sobremaneira, todas as expectativas de queda de viagens diante do quadro de lockdown em Goiânia e no Estado de Goiás.

    Em Aparecida de Goiânia, a demanda já soma quase 42 mil validações registradas hoje, índice 97% maior do que o volume esperado para o período.

    A demanda realizada no Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera – SIMA contabiliza, também das 4 às 19 horas de hoje, cerca de  61 mil validações, com um movimento 87% maior do que o esperado para o período.

  • Boletim diário de fluxo e demanda no transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana

    19/03/2021 Categoria: Boletim Diário de Fluxo e Demanda

    Edição das 10h 

    Divulgação diária pelo RedeMob Consórcio do fluxo de passageiros esperado para o dia, em comparação com o que foi realizado durante o primeiro lockdown de 2020. Seguem abaixo as análises de Goiânia, Aparecida de Goiânia, do Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, o SIMA e de toda RMTC no horário das 10 horas.

    Os números base para definição da demanda esperada foram obtidos por meio de análises técnicas de transportes, tendo como referência a demanda no período de 23 a 27 de março de 2020 e 30 de março a 3 de abril de 2020, período inicial do 1º lockdown na Região Metropolitana de Goiânia.

    Fórmula usada na analise: ((Demanda Esperada – Demanda Realizada)*(100)/(Demanda Esperada))

    Indicador: Expresso em %. Quanto mais próximas as curvas dos gráficos, melhor é o índice de cumprimento da demanda esperada, ou seja, mais a demanda atual se aproxima da demanda no mesmo cenário do lockdown de março/abril de 2020.

    Goiânia já registra, das 4h às 10h, nesta sexta-feira, dia 19, quase 25 mil validações, um volume 130% maior do que a demanda aguardada para o período diante do decreto municipal e estadual. Os resultados parciais de hoje evidenciam que a tendência é de demanda elevada na Capital.

    Em Aparecida de Goiânia já são cerca de 21 mil validações registradas hoje, entre 4h e 10h, resultado 106% maior do que o esperado para o período. Destaque para o horário de pico, das 6h às 7h, quando a demanda realizada já ficou 125% maior em relação à expectativa.

    Ainda pela manhã de hoje, a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) já contabiliza cerca de 74,5 mil validações, volume 104% maior do que a demanda esperada para o período.

     E cerca de 28,5 mil validações foram registradas hoje, entre 4h e 10h, no Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera – SIMA. O resultado é 83% maior do que a demanda esperada para o período.

  • Boletim diário de fluxo e demanda no transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana

    18/03/2021 Categoria: Boletim Diário de Fluxo e Demanda

    Edição das 19h

    Divulgação diária pelo RedeMob Consórcio do fluxo de passageiros esperado para o dia, em comparação com o que foi realizado durante o primeiro lockdown de 2020. Seguem abaixo as análises de Goiânia, Aparecida de Goiânia, do Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, o SIMA e de toda RMTC no horário das 19 horas.

    Os números base para definição da demanda esperada foram obtidos por meio de análises técnicas de transportes, tendo como referência a demanda no período de 23 a 27 de março de 2020 e 30 de março a 3 de abril de 2020, período inicial do 1º lockdown na Região Metropolitana de Goiânia.

    Fórmula usada na analise: ((Demanda Esperada – Demanda Realizada)*(100)/(Demanda Esperada))

    Indicador: Expresso em %. Quanto mais próximas as curvas dos gráficos, melhor é o índice de cumprimento da demanda esperada, ou seja, mais a demanda atual se aproxima da demanda no mesmo cenário do lockdown de março/abril de 2020.

    A demanda realizada em Aparecida, registrou 42 mil viagens hoje. Das 4h às 19h, ficou 107% maior do que a demanda esperada para o período. Os resultados de hoje evidenciam que muitas pessoas continuam se locomovendo em Aparecida, independentemente do cenário de pandemia e lockdown.

    O sistema em Goiânia registrou mais de 61 mil viagens hoje, das 4h às 19h. A demanda ficou 125% maior do que a esperada para o período, frustrando parcialmente todas as expectativas de uma demanda menor.  Os resultados parciais de hoje evidenciam que enorme quantidade de pessoas continua se locomovendo em Goiânia, independentemente do cenário de pandemia e determinação do lockdown. 

    No SIMA, Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, registrou quase 64 mil viagens hoje, das 4h às 19h. A demanda ficou 108% maior do que a esperada para o período. Os resultados parciais de hoje evidenciam que grande quantidade de pessoas continua se locomovendo no Eixo Anhanguera, independentemente do cenário de pandemia e lockdown.

    A demanda realizada nesta quinta-feira (18) na RMTC, teve mais de 167 mil viagens registradas. Das 4h às 19h, a demanda ficou 114% maior do que a esperada para o período. Os resultados parciais de hoje evidenciam que elevada quantidade de pessoas continua se locomovendo na região metropolitana de Goiânia, frustrando sobremaneira as expectativas de queda da demanda com o lockdown de Goiânia e do estado de Goiás. 

Categorias

Posts recentes

Tags