• Transporte coletivo na Grande Goiânia registra recuo de 41% nas validações nesta quinta-feira, 16/9

    17/09/2021 Categoria: Esclarecimentos

    Sistema RMTC observa demanda de 307.741 usuários no dia, enquanto no dia 9 de março de 2020, antes da Covid-19, a demanda era de 521.963 passageiros.  

    A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) registrava, no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, uma demanda de 521.963 usuários. Neste atual momento, num comparativo com a quinta-feira, dia 16 de setembro de 2021, a demanda foi de 307.741 usuários, redução de 41% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 214.222 validações deixaram de ser feitas no sistema. 

    Seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia, o SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera tinha uma demanda de 180.076 validações no dia 09 de março de 2020. Na última quinta-feira, 16, a queda foi de 40,4% nas validações no sistema. Foram 72.834 validações a menos. 

    Em Goiânia, onde foram registradas 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu volume 43,9% menor de validações no dia – o que equivale a menos 95.433 validações. 

    E Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, registrou volume 36,9% menor também na última quinta-feira, ou seja, 45.955 menos validações. 

  • Fluxo se usuários segue em queda nesta quarta-feira, 15/9, na Grande Goiânia

    16/09/2021 Categoria: Esclarecimentos

    Sistema RMTC registra demanda de 312.305 usuários no dia, recuo de 40,2% diante do dia 9 de março de 2020, antes da Covid-19, quando a demanda era de 521.963 passageiros.

    A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) registrava, no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, uma demanda de 521.963 usuários. Neste atual momento, num comparativo com a quarta-feira, dia 15 de setembro de 2021, a demanda foi de 312.305 usuários, redução de 40,2% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 209.658 validações deixaram de ser feitas no sistema. 

    Seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia, o SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera tinha uma demanda de 180.076 validações no dia 09 de março de 2020. Na última quarta-feira, 15, a queda foi de 39,6% nas validações no sistema. Foram 71.270 validações a menos. 

    Em Goiânia, onde foram registradas 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu volume 43% menor de validações no dia – o que equivale a menos 93.468 validações. 

    E Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, registrou volume 36% menor também na última quarta-feira, ou seja, 44.920 menos validações. 

  • Grande Goiânia registra recuo de 40,1% nas validações do transporte coletivo na terça-feira, 14/9

    15/09/2021 Categoria: Esclarecimentos

    A RMTC tem demanda de 306.402 usuários no dia, enquanto no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, o sistema contabilizava 521.963 passageiros.

    A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) registrava, no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, uma demanda de 521.963 usuários. Neste atual momento, num comparativo com a terça-feira, dia 14 de setembro de 2021, a demanda foi de 306.402 usuários, redução de 40,1% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 209.346 validações deixaram de ser feitas no sistema. 

    Seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia, o SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera tinha uma demanda de 180.076 validações no dia 09 de março de 2020. Na última terça-feira, 14, a queda foi de 39,4% nas validações no sistema. Foram 71.027 validações a menos. 

    Em Goiânia, onde foram registradas 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu volume 43,3% menor de validações no dia – o que equivale a menos 93.960 validações. 

    E Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, registrou volume 35,6% menor também na última terça-feira, ou seja, 44.359 menos validações. 

  • Transporte coletivo na Grande Goiânia inicia a semana com recuo de 41,3% no fluxo de usuários

    14/09/2021 Categoria: Esclarecimentos

    A RMTC registra 306.402 usuários na segunda-feira, enquanto no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, o sistema contabilizava 521.963 passageiros. Sima tem queda de 40,2% nas validações.

    A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) registrava, no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, uma demanda de 521.963 usuários. Neste atual momento, num comparativo com a segunda-feira, dia 13 de setembro de 2021, a demanda foi de 306.402 usuários, redução de 41,3% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 215.561 validações deixaram de ser feitas no sistema. 

    Seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia, o SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera tinha uma demanda de 180.076 validações no dia 09 de março de 2020. Na última segunda-feira, 13, a queda foi de 40,2% nas validações no sistema. Foram 72.447 validações a menos. 

    Em Goiânia, onde foram registradas 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu volume 44,9% menor de validações no dia – o que equivale a menos 97.449 validações. 

    E Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, registrou volume 36,6% menor também na última segunda-feira, ou seja, 45.665 menos validações. 

  • Mais uma semana com fluxo de passageiros em queda no transporte coletivo da Grande Goiânia

    13/09/2021 Categoria: Esclarecimentos

    Sistema RMTC registra 309.626 usuários na sexta-feira, enquanto no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, havia 521.963 passageiros. Em Goiânia, volume de embarque recua 44,7% no dia.

    A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) registrava, no dia 9 de março de 2020, antes da pandemia de Covid-19, uma demanda de 521.963 usuários. Neste atual momento, num comparativo com a sexta-feira, dia 10 de setembro de 2021, a demanda foi de 309.626 usuários, redução de 40,7% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 212.337 validações deixaram de ser feitas no sistema. 

    Seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia, o SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera tinha uma demanda de 180.076 validações no dia 09 de março de 2020. Na última sexta-feira, 10, a queda foi de 38,5% nas validações no sistema. Foram 69.328 validações a menos. 

    Em Goiânia, onde foram registradas 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu volume 44,7% menor de validações no dia – o que equivale a menos 97.010 validações. 

    E Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, registrou volume 36,9% menor também na última sexta-feira, ou seja, 45.999 menos validações. 

Categorias

Posts recentes

Tags