• Polícia Militar reforça efetivo nos ônibus do Eixo Anhanguera para garantir a segurança de clientes do transporte público coletivo

    23/02/2018 Categoria: Esclarecimentos,Por dentro da Rede,Projetos e ações,Segurança

     
    80 policiais dos batalhões Rodoviário, Ambiental e de Eventos atuarão de maneira preventiva nos Terminais de Integração, Estações e veículos do Eixo Anhanguera
     
    A nova fase da Operação Embarque Seguro foi lançada pela Polícia Militar (PM), na manhã desta sexta-feira (23), com o objetivo de atuar preventivamente contra roubos e furtos, reduzindo ações criminosas dentro dos veículos do Eixo Anhanguera e em Terminais de Integração.
     
    Estiveram presentes no lançamento, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Irapuan Costa Júnior; o Subcomandante Geral, Coronel Ricardo Rocha; o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), Coronel Ricardo Mendes; o subcomandante do CPC, Tenente Coronel Marreiros e vários comandantes de unidades pertencentes ao CPC.
     
    Segundo o Coronel Ricardo Mendes, a operação contará com o efetivo de várias unidades, dentre elas do Batalhão Ambiental, Batalhão de Eventos com o incremento de 80 policiais na operação, que iniciou reforçada hoje às 5 horas.
     
     “Haverá a presença de uma viatura da PM em todos terminais ao longo do Eixo Anhanguera, além do Terminal Vera Cruz, e ações dentro dos ônibus”, garantiu o coronel Ricardo Mendes, ao mencionar que as abordagens serão legais e seguras. Além disso, o comandante ainda disse que a ação trará sensação de segurança ao levar presos as pessoas suspeitas.
     
    O gerente de Segurança de Transportes do RedeMob Consórcio, Sandro Guimarães, ressaltou que, o incremento de policiais e a nova metodologia tática empregada junto às manchas criminais no transporte público coletivo promoverá redução da violência dentro dos ônibus, estações e terminais do Eixo Anhanguera.
     
    WhatsApp da Segurança
     
    O cliente do transporte público coletivo pode denunciar qualquer crime ou ação suspeita dentro do ônibus ou no terminal, através do WhatsApp de Segurança. Basta mandar todos os detalhes possíveis para o número (62) 9.8591-8952.
     
    A mensagem é recebida a partir do posto da Centra de Segurança de Transportes, do RedeMob Consórcio, que atua dentro do Comando de Operações da Polícia Militar (COPOM). Após apurada, é enviada uma viatura ao local para interceptar o veículo e dar o apoio necessário à ocorrência do cliente.
     
  • Segurança em ônibus da Região Metropolitana de Curitiba ganha reforço da Polícia Rodoviária Federal

    21/02/2018 Categoria: Segurança

    Somente em 2018 a região metropolitana de Curitiba já foi alvo de 13 arrastões em ônibus, segundo dados do Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba)

    ALEXANDRE PELEGI

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito de Curitiba, vai intensificar a fiscalização nos ônibus, em especial os que circulam nas linhas entre Curitiba e Região Metropolitana. Serão operações ostensivas e de prevenção a furtos e roubos no transporte coletivo.

    Até ontem, a RMC já havia sido alvo de 13 arrastões em ônibus, segundo dados do Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba).

    As ações começarão nos próximos dias.

    O reforço da PRF foi definido em reunião nesta terça-feira (20), entre o secretário municipal Guilherme Rangel, o chefe de Policiamento e Fiscalização da Delegacia Metropolitana da PRF, Nilson Jacoboski, e o responsável pelo grupo de Policiamento Tático da Delegacia Metropolitana da PRF, Sandro Pereira.

    Para o secretário municipal Guilherme Rangel, o apoio da PRF é mais um reforço para prevenir crimes no transporte coletivo da capital.

    O secretário afirma que já existe um trabalho preventivo executado pelas equipes da Guarda Municipal, que conta com o apoio de ações ostensivas da Polícia Militar, além da troca de informações e do trabalho de investigação da Polícia Civil.

    Nesta segunda-feira (19), no caso mais recente (o 13º), quatro homens armados fizeram um arrastão num ônibus na noite desta segunda-feira (20), no bairro Portão, em Curitiba.

    Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

  • Desvio das linhas 164, 307, 153 e 590

    16/02/2018 Categoria: Mudanças nas linhas

    O trajeto das linhas 164, 307, 153 e 590 sofreu uma alteração devido a interdição da Ponte sobre o Córrego Taquaral, na Rua Padre Monte, divisa dos bairros Goiá e Loteamento Tropical Verde, em Goiânia.

    No trajeto sentido ao Bairro Goiá, a linha que antes seguia pela Rua Marajoara e Rua Padre Monte, agora seguirá pela Rua Todos os Santos, continuando pela Av. Leste Oeste até virar na Rua Barão de Mauá, e descer a Av. Felipe Camarão, para retornar ao trajeto regular pela Rua dos Inconfidentes.

    Já o trajeto sentido Goiânia Viva, o ônibus que segue pela Rua dos Inconfidentes agora ao invés de continuar pela Rua Padre Monte e Marajoara, segue pela Av. Felipe Camarão, até a Rua Barão de Mauá, vira na Rua Anchieta, em seguida na Rua Santa Maria, pega a Av. Leste Oeste até a Rua Todos os Santos, voltando ao seu trajeto regular.

    Os pontos 3075, 3083, 3084, 3111, 3112 e 3113 das Ruas Padre Monte e Marajoara ficarão sem atendimento.

    Confira as mudanças no mapa:

     

  • Tarifa de ônibus em São Bernardo Campo sobe para R$ 4,40 em 13 de fevereiro de 2018

    12/02/2018 Categoria: Trânsito e Transporte

    ADAMO BAZANI

    Na próxima terça-feira, 13 de fevereiro de 2018, a tarifa de ônibus de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, sobe dos atuais R$ 4,20 para R$ 4,40 para os passageiros que pagam com dinheiro ou com o Cartão Legal, modalidade comum.

    Já a tarifa da modalidade Vale-Transporte, paga pelos empregadores aos funcionários, passa a ser de R$ 4,75.

    O decreto com os reajustes foi publicado nesta sexta-feira pelo prefeito Orlando Morando que ontem, após reunião do consórcio de prefeitos do ABC, chegou a falar que a ETCSBC – Empresa de Transporte Coletivo de São Bernardo Campo, gerenciadora do sistema, havia apresentado uma planilha de tarifa em torno de R$ 4,80.

    Foto: Adamo Bazani

    Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

  • Campinas começa a abolir pagamento em dinheiro nos ônibus municipais

    09/02/2018 Categoria: Produtos,Projetos e ações

    A partir de 17 de fevereiro, 40 linhas que circulam pelo terminal central da cidade só aceitarão pagamento em QR Code ou Bilhete Único

    ALEXANDRE PELEGI

    No dia 17 de fevereiro, sábado pós-carnaval, as passagens de ônibus das 40 linhas que saem do Terminal Central de Campinas só poderão ser pagas de duas formas: através de Bilhete Único ou pelo sistema QRCode.

    Como anunciado anteriormente, a medida se estenderá gradativamente a todas as linhas municipais. Uma ação do Ministério do Trabalho contra as concessionárias, em maio do ano passado, questionou o acúmulo de função dos motoristas, que operavam também como cobradores.

    Para a associação das empresas permissionárias do sistema de transporte coletivo, a Transurc, a abolição do dinheiro em espécie no interior dos ônibus vai tornar o embarque mais ágil, além de aumentar a segurança dos passageiros.

    A previsão inicial era que a medida de implantação do QRCode em todo o sistema de ônibus da cidade fosse colocada em prática a partir de dezembro de 2017, data que foi postergada para 17 de fevereiro de 2018.

    Em publicação no Diário Oficial em 2017, a secretaria municipal de transportes de Campinas regularizou a comercialização e a operação dos bilhetes QRCode, que terão validade de apenas 30 dias após a emissão e não poderão ser usados nas integrações do sistema.

    LOCAIS DE PAGAMENTO POR QRCODE

    Para quem não possui o Bilhete Único, o bilhete impresso com QRCode pode ser adquirido em locais credenciados.

    No entorno do Terminal Central são 17 postos autorizados a comercializar o bilhete. Além disso, para otimizar o embarque, funcionários da Transurc venderão o QRCode diretamente nas plataformas de embarque até as 21h.

    Locais de venda do QRCode – entorno do Terminal Central de Campinas

    Banca Lima – Avenida Franscisco Glicério, 919

    Banca Bem-vindo – Rua Dr. Costa Aguiar, 701

    Banca do Miro – Avenida Dr. Campos Sales, 663

    Banca Barboza – Rua Cônego Cipião, 157

    Casa do Norte – Rua Cônego Cipião, s/nº, Box 33

    Açougue Megacarnes – Praça Marechal Floriano Peixoto, 302

    Cantinho do Espeto – Avenida Dr. Campos Sales, 564

    Banca da Vó – Avenida Senador Saraiva, 444

    Banca Nico – Avenida Francisco Glicério, 601

    Farmácia Salles – Avenida Dr. Campos Sales, 402

    Farmacenter – Avenida Dr. Campos Sales, 312

    Banca do Álvaro – Avenida Ferreira Penteado, FT.773

    Café Sabor & Cia – Rua Marechal Deodoro, 58

    Banca do Vinagre – Rua Costa Aguiar, Box 9, nº 600

    A Maranata Livraria Evangélica – Rua Treze de Maio, 130

    VHY Comércio – Rua Ferreira Penteado, 390

    Banca da Alessandra – Rua José Paulino, s/nº, esquina com Avenida Dr. Moraes Sales

    Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Categorias

Posts recentes

Tags