• Boletim do Transporte Coletivo – Vacinação de grupos prioritários só deve ser concluída em setembro, o que inclui profissionais de transportes, diz Ministro da Saúde

    22/04/2021 Categoria: Esclarecimentos

    Edição 183, dia 22 de abril de 2021

    São Paulo é ainda o único Estado brasileiro que definiu data para metroviários, ferroviários e motoristas e cobradores de ônibus serem imunizados contra a Covid-19

  • Fluxo de passageiros na RMTC diminui 57,6% em comparação com período antes da pandemia

    22/04/2021 Categoria: Esclarecimentos

    Dia 20 de abril teve 221.371 validações contra volume de 521.963 validações obtidas no dia 9 de março de 2020. Todo o sistema de transporte coletivo apresenta redução da demanda de passageiros.

    A Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) registrava uma demanda de 521.963 usuários antes da pandemia de Covid-19, no dia 9 de março de 2020. Agora, com o Embarque Prioritário, num comparativo com a terça-feira, dia 20 de abril de 2021, a demanda foi de 221.371 usuários, uma redução de 57,6% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 300.592 validações deixaram de ser feitas no sistema na última terça-feira. 

    No SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia, o fluxo era de 180.076 validações no dia. Na terça-feira (20), a redução alcançou 53,9% nas validações no sistema. 

    Em Goiânia, onde houveram 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu, volume 56,5% menor de validações no dia 20 de abril último.

    Já Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, recebeu 56,5% menos na última terça-feira.

    Comparativo entre dia com embarque prioritário e sem a priorização em horário de pico

    Se comparamos a demanda diária antes do Embarque Prioritário na RMTC, no dia 10 de fevereiro de 2021 com a última terça-feira, dia 20 de abril de 2021, depois da implantação do Embarque Prioritário, temos uma redução de 19,7% ou 54.353 menos validações.  

    O SIMA teve uma redução de 17,6% no número de validações, ou menos 17.720. 

    Em Goiânia, com o sistema operando na terça-feira com o Embarque Prioritário, comparando com o dia 10 de fevereiro de 2021, houve uma redução de 20,3% ou 21.487 menos validações. 

    Aparecida registra uma redução de 21,8%, ou menos 15.146 validações/dia.

  • Demanda de usuários na RMTC recua 58,4% nesta segunda-feira (20/4) em comparação antes da pandemia

    20/04/2021 Categoria: Esclarecimentos

    Volume de usuários no início desta semana foi de 217.344 validações contra 521.963 validações registradas no dia 9 de março de 2020.

    Antes da pandemia de Covid-19, no dia 9 de março de 2020, a demanda de passageiros na RMTC registrava o volume de 521.963 usuários. Agora, com o Embarque Prioritário, num comparativo com esta segunda-feira, dia 19 de abril de 2021, a demanda foi de 217.344 usuários, uma redução de 58,4% nas validações durante todo o dia, ou seja, menos 304.619 validações deixaram de ser feitas no sistema no dia de ontem.

    No SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, seguindo a mesma base comparativa, antes da pandemia eram registradas 180.076 validações dia. No dia de ontem houve uma redução de 54,9% nas validações no sistema.

    Em Goiânia, onde houveram 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, recebeu, no dia de ontem, 61,7% menos validações.

    Já Aparecida de Goiânia, que recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, ontem recebeu 57,4% menos.

    Comparativo entre dia com embarque prioritário e sem a priorização em horário de pico

    Se comparamos a demanda diária antes do Embarque Prioritário na RMTC, no dia 10 de fevereiro de 2021 com o dia de ontem, 19 de abril de 2021, depois do Embarque Prioritário, temos uma redução de 21,2% ou 58.380 menos validações.

    O SIMA teve uma redução de 19,5% no número de validações, ou menos 19.603.

    Em Goiânia, com o sistema operando ontem com o Embarque Prioritário, comparando com o dia 10 de fevereiro de 2021, houve uma redução de 21,3% ou 22.490 menos validações.

    Aparecida traz uma redução de 23,5%, ou menos 16.287 validações dia.

  • Boletim do Transporte Coletivo – Estudos apontam que o transporte coletivo continua não sendo um vetor importante de contágio, mesmo durante segunda onda da Covid-19

    20/04/2021 Categoria: Boletim do Transporte Coletivo

    Edição 182, dia 20 de abril de 2021

    Especialista aponta que não se pode afirmar que há relação entre o transporte coletivo e o aumento de casos de transmissão e/ou óbitos por Covid-19

  • Demanda de passageiros no transporte coletivo continua em queda

    19/04/2021 Categoria: Esclarecimentos

    A queda expressiva se dá quando é analisado fluxo de validações de sexta-feira, dia 16, frente ao dia 9 de março de 2020, antes da pandemia.

    Na RMTC, se compararmos o fluxo do dia 09 de março de 2020 com o de 16 de abril de 2021, portanto antes da pandemia e agora com o Embarque Prioritário, vemos que de um total de 521.963 validações na RMTC antes da pandemia, houve uma redução de 59,2% no fluxo de validações durante todo o dia, ou seja, menos 308.835 validações deixaram de ser feitas no sistema na última sexta-feira.

    No SIMA – Sistema Integrado Metropolitano Anhanguera, seguindo a mesma base comparativa, tínhamos antes da pandemia 180.076 validações dia, na última sexta-feira (16) houve uma redução de 55,8% nas validações no sistema.

    Em Goiânia, onde houveram 217.211 validações no transporte público antes da pandemia, no dia 16 de abril foram 80.758 validações, redução de 62,8%.

    Já Aparecida de Goiânia, recebia 124.676 validações no sistema no dia 09 de março de 2020, recebeu volume 57,7% menor na sexta-feira, 16.

    Comparativo entre dia com embarque prioritário e sem a priorização em horário de pico

    Se comparamos a demanda diária antes do Embarque Prioritário na RMTC, no dia 10 de fevereiro de 2021 com o dia de 16 de abril de 2021, depois do Embarque Prioritário, temos uma redução de 22,7% ou 62.596 menos validações.

    O SIMA teve uma redução de 21% no número de validações, ou menos 21.143.

    Em Goiânia, com o sistema operando ontem com o Embarque Prioritário, comparando com o dia 10 de fevereiro de 2021, houve uma redução de 23,5% ou 24.837 menos validações.

    Aparecida traz uma redução de 23,9%, ou menos 16.616 validações dia.

Categorias

Posts recentes

Tags