• Prefeitura de Goiânia lança campanha Alô, Vizinho!

    30/06/2020 Categoria: Projetos e ações

    Com o objetivo de envolver vizinhos na batalha contra a violência doméstica durante  a pandemia, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), lança nesta terça-feira (30/6)a campanha “Alô Vizinho!”.

    A iniciativa é uma idealização da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres SNPM/Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), que visa promover orientações de segurança para mulheres e informações para toda a vizinhança informando os canais de denúncias e exemplificando os  atos de violência previstos na lei Maria da Penha.

    A ação será feita por meio de distribuição e divulgação de material informativo. As peças indicam canais de denúncias como o Ligue 180, aplicativo Direitos Humanos Brasil, o portal da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (ONDH), 190 da Polícia Militar, 197 da Polícia Civil, 153 da Guarda Civil metropolitana (GCM) e o Aplicativo Goiás Seguro (que contém o Alerta Maria da Penha).

    Os folders serão afixados no interior dos ônibus da Rede Metropolitana de Transporte Coletivo (RMTC) e nos postos de saúde. Ainda contará com a disponibilização da arte em pdf no site do Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias do Estado de Goiás (Secovi-GO). O sindicato possui mais de 3 mil associados que poderão imprimir a arte e colocar nos espaços comuns dos condomínios. A divulgação ainda será feita nas redes sociais da Prefeitura de Goiânia e instituições parceiras.

    Segundo a titular da pasta, Ana Carolina Almeida, a replicação da campanha  se deve ao aumento do número de casos de violência doméstica em Goiânia. “As famílias estão convivendo mais tempo juntas dentro de casa devido à pandemia, por isso, os conflitos acabam surgindo. Precisamos que as pessoas próximas nos apoiem nesta causa  a fim de interromper  as  situações que podem levar ao feminicídio”, disse.

    A atividade conta com os seguintes apoiadores: Tribunal de Justiça de Goiás (MP-GO); Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO); Defensoria Pública do Estado de Goiás (DP-GO); Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO); Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego); Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias (Secovi-GO); Rede Metropolitana de Transportes Coletivos de Goiânia (RMTC) e Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

    Violência Doméstica
    Dados do Ligue 180 indicam que, durante o período de quarentena, houve um aumento de quase 9% no número de ligações para o canal, que recebe denúncias específicas de violência contra a mulher.

    A ONDH informou que a média diária entre os dias 1º e 16 de março foi de 3.045 ligações recebidas e 829 denúncias registradas e de 3.303 ligações recebidas e 978 denúncias registradas entre os dias 17 e 25 do mesmo mês.

    Em casos de emergência, acione:
    190 Patrulha Maria da Penha da Polícia Militar

    197 da Polícia Civil

    153 Programa Mulher Mais Segura da Guarda Civil Metropolitana

    Orientações psicológicas, jurídicas e de assistência social, ligue para:

    (62) 98306-0191 – Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social

    (62) 3524-2933 – Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres da Prefeitura de Goiânia

    Ligue 180.

    Apoio jurídico, ligue para:

    (62) 98307-0250 – Defensoria Pública do Estado de Goiás.

    Para denunciar e solicitar Medidas Protetivas de Urgência, ligue:

    1ª Deam – 3201-2801 / 2802

    2ª Deam – 3201-6344 / 6332

    Roberta Amorelli, da editoria de Políticas Para as Mulheres

  • Máscaras são distribuídas nos terminais de Aparecida e Goiânia

    18/06/2020 Categoria: Projetos e ações

    Passageiros e motoristas do transporte coletivo de Goiânia e região Metropolitana receberam nesta quinta-feira, 18 de junho, máscaras de tecidos, grandes aliadas na prevenção contra o coronavírus. A entrega aconteceu nos Terminais Garavelo, Maranata e Vila Brasília, em Aparecida de Goiânia, e no Terminal Padre Pelágio, em Goiânia. A ação faz parte da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, iniciativa do Governo de Goiás, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais (GPS). Foram entregues mais de 20 mil máscaras.

    “Até que tenhamos a vacina, a máscara é uma das melhores formas de prevenção contra a Covid-19. E como nos terminais e dentro dos ônibus há grande movimentação de pessoas, decidimos realizar esta ação”, pontuou a diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado.

    A presidente de honra da Organização, coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado, também ressaltou a importância do acessório. “A máscara é um item obrigatório nos dias de hoje. E os trabalhadores que precisam se deslocar utilizando o transporte coletivo nem sempre têm condições de comprá-la, ainda mais na crise em que estamos vivendo. Nosso dever é ajudar na prevenção desta doença que vem fazendo tantas vítimas em todo o mundo”.

    O auxiliar de serviços gerais João Salviano, 28 anos, garantiu a sua máscara ao voltar do trabalho, no terminal Padre Pelágio. “Achei ótima essa ação. A gente que anda de ônibus corre muito risco e a máscara serve como barreira de proteção. E precisamos ter muitas para trocar sempre”.

    A distribuição das máscaras nos terminais começou no último dia 9 de junho. Na ocasião foram entregues os 14.400 itens de proteção nos terminais Novo Mundo, Padre Pelágio, das Bandeiras, Cruzeiro e Praça da Bíblia.

  • Distribuição de máscaras em terminais da RMTC

    10/06/2020 Categoria: Projetos e ações

    A máscara tem sido um acessório fundamental para diminuir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Para incentivar o uso, o Governo de Goiás, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), distribuiu nesta terça-feira (9/6), o equipamento de proteção em cinco terminais de ônibus de Goiânia. A iniciativa é uma das ações da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus.

    As equipes da OVG entregaram 14.400 máscaras de tecido aos usuários do transporte coletivo nos terminais Novo Mundo, Padre Pelágio, das Bandeiras, Cruzeiro e Praça da Bíblia. A doação foi feita pela indústria têxtil à campanha no último mês de maio. Na ocasião, foram entregues 300 mil unidades.

    Trabalhadora da área de construção civil, Maria Ribeiro dos Santos, elogiou a iniciativa. “Foi ótima essa ideia porque precisamos usar máscaras todos os dias”.

    Moradora do Residencial Mansões Paraíso, Tânia Regina Martins, recebeu a máscara no Terminal Padre Pelágio ao voltar para sua residência. Ela também gostou de receber o equipamento de proteção individual. “Como estou procurando emprego, ando todos os dias de ônibus, na rua, então preciso sempre me proteger. Essa ajuda é muito importante neste momento tão arriscado que estamos vivendo”.

    A diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, diz que a distribuição nos terminais foi uma forma de ajudar a proteger as pessoas que estão mais suscetíveis a ter contato com o vírus. “O uso da máscara é uma medida recomendada pelo Ministério da Saúde e é a melhor forma de diminuir o contágio pela Covid-19, já que ainda não temos a vacina. E para os usuários do transporte coletivo o item é imprescindível por estarem mais próximos uns dos outros”.

    A presidente de honra da OVG e coordenadora do GPS, primeira-dama Gracinha Caiado, agradeceu a parceria na ação de prevenção à Covid-19. “Felizmente temos recebido o apoio de inúmeros parceiros que contribuem para diminuir o impacto causado por essa pandemia. Essas máscaras fazem a diferença para quem está passando dificuldade econômica. Muitos se deslocam para trabalhar ou procurar emprego e precisam dessa proteção e não têm condições de comprar”.

    Fonte: ovg.org.br / Karinthia Wanderley 

  • HP lança campanha “Viagem Solidária” para ajudar a OVG

    25/05/2020 Categoria: Projetos e ações

    Miniônibus do City Bus 2.0 serão pontos de arrecadação de donativos para a Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus.

    A HP Transportes Coletivos, companhia de transporte público da região Metropolitana de Goiânia, se une à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) para ajudar aqueles que mais precisam. A empresa lança a campanha “Viagem Solidária”, nesta segunda-feira, dia 25 de maio, para arrecadar produtos de higiene e limpeza que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social.

    Os miniônibus do City Bus 2.0 serão os pontos autorizados de arrecadação. Ao acessar o aplicativo de celular para solicitar a viagem, os passageiros serão informados sobre a campanha. Quem se interessar em ajudar, deverá entregar as doações ao motorista do veículo.

    Os produtos arrecadados serão destinados à Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus, iniciativa do Governo de Goiás, realizada por meio da OVG e Gabinete de Políticas Sociais. A ação começou há dois meses e arrecada donativos e recursos para amenizar os efeitos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

    A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado, ressalta que o sucesso da campanha tem sido garantido pela união de forças de diversas empresas, órgãos públicos, autarquias e do cidadão. “Graças à solidariedade de tantas pessoas e empresas, como a HP, entregamos donativos nos 246 municípios goianos e continuamos atendendo a região metropolitana da capital. Com mais essa parceria poderemos ajudar mais famílias”.

    Diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado agradece a iniciativa da HP e lembra que a campanha continua. “É mais um aliado de peso neste momento tão difícil que estamos passando. Infelizmente a pandemia ainda persiste e somente com a contribuição de todos é que vamos continuar atendendo os mais vulneráveis”, pontua.

    “O medo de se contagiar pelo coronavírus, o isolamento social e dúvidas sobre o futuro é para todos. Porém o problema se acentua muito para as famílias de baixa renda, pois, além dos problemas comuns a todos, sofrem e se enfraquecem pela falta de alimento. É necessário, então que nos coloquemos no lugar dos mais pobres e nos unamos, solidariamente, para amenizar a dor da fome. Assim sairemos melhores dessa crise que afeta a humanidade”, considera a diretora executiva da HP Transportes Indiara Ferreira.

  • Operação contra o coronavírus vai atender dez terminais de ônibus

    19/05/2020 Categoria: Projetos e ações

    CRISTIANE LIMA, para O Popular

    O número de terminais de ônibus atendidos pela operação dos bombeiros para desinfecção dos espaços públicos passa a atender dez terminais. Além dos cinco terminais do Eixo Anhanguera, entram na lista os terminais das Bandeiras, Goiânia Viva, Isidória, Parque Oeste e Vera Cruz. Com isso, os militares esperam conseguir reduzir as possibilidades de contágio pelo novo coronavírus em Goiânia e região metropolitana.

    O coordenador da operação é o tenente-coronel dos Bombeiros, Washington Luiz. Ele explica que o trabalho consiste em aplicar a solução de descontaminação, composta por hipoclorito diluído. “A solução é aplicada nos pátios, corrimões, guardar-corpo, pilastras, muretas e assentos. A intenção é reduzir, ao máximo, a possibilidade de contágio nestes espaços que não têm como serem fechados.”

    As ações ocorrem nas segundas, quartas e sexta-feiras e não têm data para serem interrompidas. As atividades são realizadas no período noturno e com o aumento de terminais para serem desinfectados, mais equipes vão se revezar para o trabalho. Além dos dez terminais, as 19 plataformas de embarque e desembarque do Eixo Anhanguera também recebem a ação.

    As equipes são divididas por setores e as pessoas são orientadas a não se aproximarem durante a aplicação dos produtos, o que pode levar de cinco a dez minutos. Depois, os profissionais orientam os coordenadores dos terminais a pedirem que os passageiros aguardem mais dez minutos antes da liberação do pátio.

Categorias

Posts recentes

Tags